SENTIMENTO DE INFÂNCIA: MÚLTIPLOS OLHARES

Convidamos você para uma reflexão sobre a concepção de criança e de infância que permeia a nossa forma de educar as crianças.


Ana Maria Louzada
 
Para que possamos educar e cuidar de uma criança, necessário se faz refletir sobre os múltiplos olhares que vem sendo produzidos sobre a criança e a infância ao longo da história da humanidade.
Conhecer um pouco a história da criança e como que o sentimento de infância vem se produzindo, ajuda a compreender melhor qual a nossa concepção de criança. Isso porque a concepção que temos de criança tem implicações na forma como educamos e cuidamos dos nossos filhos e das nossas filhas.
Assim, reconhecer e compreender como estamos educando e cuidando das crianças, se estamos agindo da melhor maneira, ajuda a melhorar a qualidade da sua formação.

Para Pensar!
- Qual é a sua concepção de criança e de infância?
- Que sentido de filho e/ou filha você está construindo ao longo da sua história?
- O que você pensa sobre educação?
- E sobre educar uma criança?
- Como você lida com a tarefa de educar e de cuidar do seu filho e/ou da sua filha?
- Quem de fato está educando o seu filho e/ou da sua filha?

O ponto de partida e de chegada nesse contexto de análise é a criança.
- Quem é a criança com a qual temos responsabilidade de educar?
- Em que contexto histórico, social, cultural, político, econômico e ideológico vivemos?
- Como estamos inserindo as crianças nesse contexto?

Precisamos compreender a forma como concebemos a educação das crianças e assim, rever alguns conceitos e reconhecer o nosso papel de educá-las de forma coerente, amorosa e exigente, sem perder de vista a importância do diálogo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A importância da rotina nos primeiros dias de inserção das crianças pequenas na escola

A ROTINA NA HORA DE DORMIR PARA O BEM ESTAR DAS CRIANÇAS

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR DE...